terça-feira, 4 de outubro de 2011

ATIVIDADE COMERCIAL PROMISSORA NO CENTRO DE SÃO PAULO


Neymar Oliveira faz ofertas de porta de loja. Com essa nova atividade que a cada dia cresce nas Grandes Cidades, principalmente em São Paulo, Neymar acaba de criar uma iniciativa que está revolucionando o centro comercial da maior capital do país. Já trabalhou nas Casas Bahia, Eletromil Games, Rede Walmart e agora é a vez de oferecer os seus serviços como divulgador autônomo de ofertas, "o atual ou antigo locutor de porta de loja" de forma autônoma para shoppings e galerias da cidade. Termo novo, pois essa atividade envolve muita atenção, além de colocar a voz conforme o momento e o assunto, tem que saber o momento certo para cada promoção. Saber atrair a atenção do cliente que passa pela calçada ou do outro lado da rua é uma das perspicácias deste tipo de profissional.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

BLOG COM OPÇÃO PARA OUVIR RÁDIO WEB

O Blog do Neymar Oliveira agora tem um player da Rádio Web Dj Net. Os internautas podem ouvir as trilhas sonoras da Dj Net enquanto navegam na página do Blog. Neymar colocou o player com o intúito de divulgar a rádio já que agora é parceiro dela onde conta com um programa nos dias de Sábado e Domingo a partir  das 23 horas. O programa embala músicas do estilo Flash dance e Eurodence, músicas que revolucionaram as baladas das décadas dos anos 70, 80 e 90. A rádio conta com um público jovem e pop e com uma programação variada vinte e quatro horas por dia. Seu público são pessoas que gostam de entretenimento em qualquer lugar, pois os ouvintes conseguem ouvir a rádio através de um celular que tenha acesso a Internet ou Iphone. Neymar está otimista com o programa e fala que para ele é um desafio explorar esse lado das Web rádios porque antes só tinha experiência com FM.  "É na verdade um novo mundo", disse ele em entrevista ao Blog. Leia, ouça e divirta-se enquanto navega na internet.

Abaixo, um vídeo demonstrativo de como ele faz o programa nesta rádio:

video

Acesse http://www.radiowebdjnet.com.br/ e ouça a ráido!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Cada brasileiro terá pago R$ 2,5 mil em tributos até o mês de Maio de 2011

O impostômetro atinge hoje a marca de R$ 500 bilhões de tributos pagos; de acordo com o IBPT, isso significa que, só em 2011, cada brasileiro já pagou R$ 2,5 mil em tributos. Isso não quer dizer que aqueles que vivem abaixo da linha da pobreza ou que não tem uma renda mensal, também pagaram este balor: há pessoas que pagaram mais e outras que pagaram menos - é o que determina a média.
E tem mais ...
> Gasolina é a boa da Vez
Segundo um telejornal conhecido, um litro de gasolina sai para a distribuidora a R$ 1,05 e recebe três taxas principais de tributos ficando por R$ 2,37.

Quer dizer que o valor da carga de impostos é mais alta que o próprio valor do produto.
Isso é Brasil.
>> Dilma Pobre e povo brasileiro rico?
 http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/politica/dilma-cria-programa-de-combate-a-pobreza/
 Leia a reportagem no link acima.

domingo, 2 de maio de 2010

DIA 1º DE MAIO DE 2010

DIA 1º DE MAIO DE 2010
POR NEYMAR OLIVEIRA
Sábado, 01/05/2010 - 15:10

HISTÓRIA

As comemorações do 1º de Maio, Dia do Trabalho, têm como origem uma tragédia ocorrida em 1886 na cidade norte-americana de Chicago, onde ocorreram manifestações de empregados reivindicando melhorias das condições de trabalho. Um dos principais pontos da pauta era a redução da jornada de 13 para oito horas diárias. As manifestações resultaram em uma greve geral de trabalhadores nos Estados Unidos. Foram dias de manifestações, até que um conflito entre policiais e trabalhadores resultou na morte de 12 manifestantes e sete policiais e deixou dezenas de presos e feridos. Foi decretado estado de sítio. No dia 1º de Maio de 1891, uma manifestação no norte de França foi dispersada pela polícia, resultando na morte de dez manifestantes. A nova tragédia acabou reforçando ainda mais a identidade da data com a classe trabalhadora. A partir daí outros países como a França e a Rússia implantaram o dia do trabalho.

NO BRASIL

Em 1925, durante o governo de Artur Bernardes, foi a vez de o Brasil instituir o feriado do Dia do Trabalho. Em 1º de maio de 1941, outro importante passo foi dado no sentido de melhorar as relações de trabalho: a criação da Justiça do Trabalho. E, em 1943, Getúlio Vargas escolheu a data para instituir a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

EM SÃO PAULO

A Força Sindical comemora o Dia do Trabalho e promove evento na Praça Campo de Bagatelle, na zona norte de São Paulo. Além de atos políticos, uma série de shows está programada para comemorar o Dia do Trabalho. A redução da jornada de trabalho é a principal reivindicação dos sindicalistas reunidos hoje (1°). Outras questões da pauta de reivindicações da central são: fim do fator previdenciário, a criação de mecanismos para reduzir a rotatividade de funcionários nas empresas e a regulamentação da terceirização. Segundo os líderes da central, a redução da jornada de 44 para 40 horas semanais pode trazer mais qualidade de vida ao trabalhador e gerar cerca de 2,5 milhões de empregos. Para o deputado federal Paulo Pereira da Silva, Paulinho, presidente da Força Sindical. “Com a redução, os trabalhadores terão mais tempo para ficar com sua família.” Já o João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força, afirmou que com a redução da jornada, o trabalhador também teria mais tempo para se qualificar e atender as demandas do mercado de trabalho. “O mercado pede, cada vez mais, qualificação. O trabalhador precisa ter tempo para se manter atualizado”, afirmou em entrevista à Agência Brasil.

Fonte: htp://www.jornaldamidia.com.br/noticias/2010/05/01/Brasil/No_Dia_do_Trabalho_Forca_Sindical.shtml

sábado, 1 de maio de 2010

CRÍTICA: ESTRADAS VIRAM UM VERDADEIRO ESTACIONAMENTO x MORADORES NÃO QUEREM SAIR MESMO QUE HAJA RISCO DE DESMORONAMENTO!

Verdadeiro ou Falso?

A primeira frase parece absurdo, mas é verdadeira. E a segunda é bem duvidosa.

Moradores de uma vila bloqueiam a Rodovia dos Imigrantes em SP nesta tarde de 1º de maio. O MOTIVO: A fiscalização quer desocupar oito casas que ficam numa área de risco. A população coloca pneus no meio da pista a ateia fogo para manifestar sua revolta (revolta essa que tem dois motivos: primeiro querem chamar a atenção dos que passam pela rodovia para o fato de estarem sendo retiradas, e segundo por não terem outro luga decente para ir morar). Na reportagem a jornalista fala: “... moradores não querem sair mesmo que haja risco de desmoronamento”. Muita gente que viu a reportagem imaginou ou até disse: “Só saem quando isso daí cair não é?!” A verdade é que o jornal da TV que veiculou a notícia não deu atenção para o que o povo tinha para dizer. Não houve nenhum entrevistado do local do manifesto. Aquelas pessoas não fazem a manifestação somente para não sair. E sim porque não tem outro lugar digno para viver! A matéria da TV só mostrou o povo fazendo manifesto informando que o motivo do meso era  visita dos fiscais, mas não deixou eles falar para dizer que realmente queriam: provavelmente outro lugar melhor para viver com melhores condições de habitação.

Informação baseada na notícia do Telejornal SPTV do dia 1º de maio de 2010.

sábado, 10 de abril de 2010

PROGRAMA COMERCIAL TEM CARÁTER EDUCATIVO

Finalmente uma opção diferente nas tardes de sábado nos últimos meses. Estou falando do Programa Caldeirão do Huck que neste último sábado encerrou o concurso soletrando. Uma iniciativa que além de incentivar crianças estudantes do Brasil inteiro, ainda dá uma premiação para os participantes. São poucos os programas que têm qualquer caráter educativo ou ao menos instrutivo nos canais de TV brasileiros, principalmente os de maior audiência. A própria emissora que veicula este programa enche sua programação com conteúdo relacionado às próprias produções, como um programa falando de outro. Pelo menos desta vez o público teve que imaginar, ir em busca, aposto que teve gente que foi ao dicionário enquanto assistia o Programa deste dia 10 de abril de 2010. Não vejo nada mau, porém teve um fiasco, a produção teve que colocar uma palavra de origem alemã (Kirshe, e o concorrente disse KIRSH, esquecendo o “e”) acho que se o concurso é de Língua portuguesa, não deveria ter palavras de origem em outras línguas. Acredito que é disso que o Brasil precisa. Programas que levem ao ar ou que criem um quadro que ajude ou estimule ao estudantes a pensarem, despertarem o prazer de aprender. O nosso país ainda merece mais atenção não somente do Governo, mas também dos meios de comunicação que são na verdade verdadeiros “educadores“ ou modeladores da consciência da sociedade brasileira.